quarta-feira, 28 de junho de 2017

Crítica: Little Witch Academia



Anime com tom caricato agrada, mas demonstra que teria muito mais potencial.

O primeiro episódio de Little Witch Academia foi um tanto normal, porém divertido. Akko, a protagonista da história, é daquelas personagens eufóricas. Escandalosa e cheia de energia, é o tipo de personagem que costumo gostar quando protagonizam obras desse tipo. Afinal, um anime que se predispõe a ser divertido, precisa de um protagonista que emane a mesma aura festiva e isso a Akko faz muito bem.


Uma coisa que pode-se perceber, é que Little Witch Academia, é uma anime de certa forma infantil. Não que isso seja algo negativo. Eu por exemplo, em várias ocasiões, me lembrei dos desenhos animados que via quando era criança. A sensação de estar vendo algo com formato semelhante de animações infantis clássicas, porém sendo um anime, me deixou bastante esperançoso sobre o que esperar de uma obra um tanto diferente do que se tem visto por aí.



Mas não é de toda infantilidade que o anime se compõe. A própria mitologia criada nesse mundo de magia, apesar de não ser nada incrivelmente original, pelo menos se mostra como uma identidade própria e combina bastante com a proposta da obra. As bruxas por exemplo, possuem um fator limitante, que é o fato de não poderem utilizar a magia, longe da Pedra do Feiticeiro. Isso já trás uma interessante limitação, mostrando que longe dela, as bruxas não são nada mais do que pessoas normais.


E falando em limitação, a própria Akko possui um grande problema. Diferente das demais estudantes, Akko não consegue realizar nem mesmo os feitiços mais simples, que até uma amadora poderia fazer facilmente. Motivo esse que se justificou já beirando os últimos episódios. A razão de isso ter sido culpa da sua maior ídolo, Shiny Chariot, foi um tanto chocante para não dizer inesperado e mostrou que apesar de manter o tom infantil, de vez em quando o anime mostrava facetas mais sérias.



O que não gostei, foi o fato de ter passado 25 episódios e o progresso da Akko em relação ao uso da magia foi quase nulo. Em todas as ocasiões que a bruxinha brilhou e salvou o dia, foi por intermédio da sua fé e do poder do Grand Triskellion. Dessa forma, acabou se tornando cansativo, Akko vencer os problemas sempre por intervenção milagrosa. E se sua fé na magia era tão forte, por que ela demora tanto para evoluir como bruxa? Pode ser o fato dela não ser uma prodígio como a Diana, mas mesmo assim, 25 episódios para apenas voar um pouquinho na vassoura sem ajuda de ninguém? Achei um fator muito diminutivo para uma personagem tão legal.


Outra parte que fiquei feliz, foi o arco focado na Diana. Eu gostava dela no começo, apesar de muito séria e aparentemente esnobe, dava para ver que ela tinha uma adoração muito grande para a magia. Descobrir as motivações da jovem, fizeram com que a personagem fosse mais humanizada e passei a gostar bastante dela.

 
Um ponto um tanto negativo, foi a falta de desenvolvimento das pessoas mais próximas da Akko, no caso a Lotte e Sucy. Ambas tiverem muito pouco desenvolvimento. Em vez de episódios um tanto descabidos, como foi o péssimo episódio 9, que fica o tempo todo abordando um esqueleto maluco, ou até mesmo o episódio focado na Constanze, que não acrescentou quase nada para a trama, poderiam ter focado nesses personagens, aparentemente mais importantes.


 
Mas como um todo o anime foi um bom entretenimento. Me peguei várias vezes dando risada nos vários momentos em que a a Akko se dá mal. Apesar de tudo comprei alguns clichês, conhecendo o que o anime se propunha mostrar. A animação bem simples as vezes me surpreendia de ficar boquiaberto. Algumas cenas de ação possuíam sequências animadas incríveis, o último episódio deu um show nesse quesito.


Acompanhar a saga da Akko foi divertido. Caso o anime volte um dia, só espero que ela evolua com mais rapidez e não dependa sempre de milagres externos. Ela merece seu lugar como uma verdadeira heroína que ela há de ser.

AVALIAÇÃO DO BLOG:

 




PARA AJUDAR O BLOG:

- APERTE NO BOTÃO "RECOMENDE ISTO NO GOOGLE" ABAIXO DA POSTAGEM, ISSO AJUDA MUITO NA DIVULGAÇÃO;

- SIGA O BLOG NO TWITTER E CURTA NO FACEBOOK, LEVA SÓ UM SEGUNDO E O ASSISTIDOR AGRADECE!

0 comentários:

Postar um comentário