quinta-feira, 16 de março de 2017

Crítica: Konosuba 2


Deus abençoe o maravilhoso mundo de Konosuba.

A curiosidade desse anime, tema deste humilde post, veio logo no início de 2016, quando foi anunciado a adaptação em uma curta temporada de 10 episódios. O hype em cima da obra era bem legal, afinal de contas se tratava de uma Light Novel e com bastante popularidade.

Então esse humilde blogueiro, amante da arte da comédia nos animes desde sempre, não poderia deixar de conferir um produto deste, principalmente pela curiosidade do por que ser tão popular. A satisfação pelo conteúdo animado na primeira temporada não podia ser menos do que muito grande, mas como estamos abordando a segunda parte deste anime, que para mim, é um dos melhores animes de comédia da década, ainda me surpreendi em ver que conseguiram se superar.


E a competência dos responsáveis pela obra, já é vista logo no excelente primeiro episódio, aonde Kazuma é acusado por ter explodido, acidentalmente, a mansão de um nobre e hilariamente ninguém quer defender o cara. A parte do julgamento é incrivelmente bem executada e te deixa atento, para não perder nenhuma piada rápida no acontecimento. Por mais que Kazuma tente se explicar, a situação vai ficando pior, quando o acusam de ter ligação com o rei demônio pela sua amizade com Wiz e fora os  crimes de perversão que vão vindo a tona e deixando a coisa toda ainda mais engraçada.





Também tivemos a nova personagem Yunyun, auto proclamada rival de Megumin, que vive desafiando a jovem para duelos de magia, uma ótima aquisição para o elenco que é dotado de personagens excelentes. Outro ponto alto são as cenas hilárias, como o Sapo engolindo a Aqua várias e várias vezes, desafio você que gosta de comédia, a não rir com essa cena.


Falando da Aqua, nunca achei tão engraçado a desgraça de uma personagem em várias situações. Uma das melhores coisas dessa temporada, foi ver várias vezes, a Aqua se dando mal.



O episódio que aborda o casamento arranjado da Darkness teve um engraçadíssimo duelo entre Kazuma e Darkness, bem estranho e pervertido por sinal e que mostra uma personalidade de Kazuma, que na minha opinião é o que faz ele se destacar tanto como personagem cara de pau e egoísta. Não esquecendo também dos surtos de masoquismo da Darkness, que na verdade tem um nome muito constrangedor para ela, Lalatina.



A introdução de Vanir foi interessante. Ele que é um dos generais do Rei Demônio, personagem exótico e divertido, seu episódio de aparição é muito legal, descobrindo também que a presença da Aqua atrai criaturas perigosas, o que a deixou bem chateada e serviu de combustão para Kazuma começar a tratá-la como lixo, realmente muito engraçado.


O interessante desta temporada é que Kazuma morreu pelo menos duas vezes que me lembre, e achei hilário a brincadeira da Megumin tatuando na sua barriga, quando voltou da primeira morte desta temporada, a frase "A espada sagrada Excalibur" apontando para seu membro. Fora a reação de Aqua fazendo pouco caso do tamanho dele.
 



Com isso sem estender muito a descrição de alguns dos acontecimentos mais marcantes, também tivemos o ataque dos falcões corredores incluindo cenas hilárias com a Darkness.

 
A Megumin, que é uma excelente personagem, ficou meio de lado nesta temporada, acredito que darão mais credibilidade à ela no futuro. Mas em compensação, tivemos algumas incríveis cenas de sua magia Explosion, que pra mim é a técnica mais legal do anime. A animação da explosão, muito bem feita por sinal, é de encher os olhos.


No final, chegamos a parte de Arcanretia e o culto de Axis, que com certeza eu vou me lembrar por muito tempo, como uma das melhores sequências de comédia que já vi. O povo tentando constantemente converter os protagonistas das mais variadas formas foi realmente engraçado, usando de todos os artifícios, desde sabonetes até crianças.



E concluindo, no último episódio, tivemos uma situação um pouco mais séria e uma batalha com uma animação acima da média em certos momentos, uma forma muito boa de fechar essa temporada que como indiquei logo acima, superou a primeira em termos de qualidade geral.





Créditos para o Kazuma, que na minha opinião é o melhor personagem dessa temporada e se tornou um dos meus protagonistas preferidos.



Konosuba realmente abriu 2017 com chave de ouro e provavelmente vai ser um dos maiores destaques desse ano. Deus abençoe mais uma vez Konosuba e que venha uma continuação!


Avaliação do Blog:



Obs: Caso tenha gostado se possível aperte o botão "Recomende isto no Google" abaixo da postagem, isso ajuda muito na divulgação do blog. Você pode também curtir a página no Face, seguir o blog no Twitter e no Google + com os botões abaixo. Obrigado pela preferência!



https://www.facebook.com/Assistidor-de-Anime-100541800443711/?ref=bookmarks  https://plus.google.com/u/0/107887403583384770437  https://twitter.com/assistidoranime


0 comentários:

Postar um comentário